Visita ao Castelo de Marvao

Num passeio de domingo, 500 quilometros de puro prazer...

Castelo do Marvão, Serra de S. Mamede, Portalegre

Nada me dá mais prazer que acordar num domingo, bem cedo, e ir passear de mota. E se a isto juntarmos um bonito dia de Sol e um pequeno grupo de amigos com andamentos idênticos, então está tudo perfeito. Foi no dia 28 de Outubro de 2010, num domingo de inverno, que combinamos este "pequeno" passeio com o pretexto de ir visitar o Castelo de Marvão, a cerca de 250 km de Lisboa.

 

Combinamos por volta das 9 horas num posto de abastecimento da 2ª Circular, e estando o grupo de 4 motas reunido, lá partimos em direção a Reguengos. A primeira paragem do dia, para olharmos para o mapa e ver o que se seguia, foi na "Aldeia da Palhota", local muito rústico à beira Tejo, onde já tinha estado anteriormente (podem ler a crónica aqui).

Feito a paragem e o percurso no mapa, lá arrancámos em direção a Portalegre, passando por terras como a Barragem de Motargil, Mora, Avis, Alter do Chão, Ponte de Sôr, Crato ou Monforte. Toda esta zona alentejana é verdejante, e ao contrário da paisagem de planicíes que estamos habituados a ver no nosso Alentejo, à medida que nos dirigimos para a fronteira Espanhola o horizonte vai-se tornando mais montanhoso, com a estrada serpenteando entre as colinas.

 

Finalmente lá chegamos ao Marvão, e antes mesmo de subir à vila, ali parámos para almoçar num agradável restaurante à beira do Rio.

p
u
b

O Castelo de Marvão

Situado bem próximo da fronteira de Espanha, entre Castelo de Vide e Portalegre, no ponto mais alto da bonita Serra de São Mamede, região Alentejana, encontra-se a encantadora Vila de Marvão com o seu magestoso Castelo a dominar o cimo da serra. Mesmo num domingo de inverno o Castelo está aberto ao publico, que é de louvar (nem sempre isto acontece em portugal).

 

Castelo do Marvão, Serra de S. Mamede, Portalegre

 

Chegados ao cima da Vila, num ambiente de paz de espírito e tranquilidade, ali parámos as nossas montadas em frente da entrada principal do Castelo, e a partir daqui a descoberta é feita a pé.

Castelo do Marvão, Serra de S. Mamede, Portalegre

 

Castelo do Marvão, Serra de S. Mamede, Portalegre

 

Castelo do Marvão, Serra de S. Mamede, Portalegre

 

Castelo do Marvão, Serra de S. Mamede, Portalegre

 

Rodeada por muralhas do século XIII e do século XVII, esta histórica vila ergue-se bem alta na serra, com ruas sinuosas e casas de cal branco, mostrando que o tempo não é tão veloz como às vezes parece. Os vestígios históricos da região remontam aos períodos Paleolítico e Neolítico, tendo sido encontrados inúmeros menires e antas, bem como uma importante estação romana, que atestam a longevidade destas paragens.

 

Castelo do Marvão, Serra de S. Mamede, Portalegre

 

Castelo do Marvão, Serra de S. Mamede, Portalegre

 

Castelo do Marvão, Serra de S. Mamede, Portalegre

 

Castelo do Marvão, Serra de S. Mamede, Portalegre

Por se encontrar no ponto mais alto da Serra de São Mamede e com difíceis acessos, a sua localização estratégica serviu como protecção natural, e como está próxima da fronteira com Espanha, fez com que fosse um bastião defensivo Português durante séculos, travando-se aqui diversas batalhas e lutas políticas.

 

Castelo do Marvão, Serra de S. Mamede, Portalegre

 

Castelo do Marvão, Serra de S. Mamede, Portalegre

 

Castelo do Marvão, Serra de S. Mamede, Portalegre

 

Castelo do Marvão, Serra de S. Mamede, Portalegre

O Castelo e as suas imponentes muralhas do século XIII são monumentos inesquecíveis da Vila, a Igreja Matriz do século XV é hoje um interessante Museu Municipal, albergando colecções arqueológicas da região.

 

Castelo do Marvão, Serra de S. Mamede, Portalegre

 

Castelo do Marvão, Serra de S. Mamede, Portalegre

 

Castelo do Marvão, Serra de S. Mamede, Portalegre

 

Localizada às portas do Parque Natural da Serra de São Mamede, do alto de Marvão temos vistas surpreendentes sobre toda a paisagem envolvente, destacando-se pontos como a Torre de Menagem ou a Pousada de Santa Maria, de onde se conseguem panoramas fenomenais. Fora das muralhas, existe a Capela do Espírito Santo e o Convento de Nossa Senhora da Estrela, cuja santa padroeira protege o reino e referencia de festas anuais ela dedicadas.

 

Após a vista ao castelo, hora de voltar a casa sem muitas paragens. De lá até Lisboa passamos por terras como Avô e Arez ou Mora, e eram já perto das 19h quando finalmente paramos as motas para a despedida.

 

Castelo do Marvão, Serra de S. Mamede, Portalegre

Foi um passeio domingueiro daqueles que tanto prazer me dá fazer, e serve de terapia mental para mais uma semana de trabalho.

 

Boas curvas!


Voltar -
Ir para o Topo -
Home -
-
Home Partilhar
 
p
u
b
 

Write a comment

Comments: 0

Pesquisa:

 

by Fusionbot | Mapa do Site

www.AutoPECAS-ONline.pt

Fri

13

Oct

2017

O que representas para eles é a liberdade

Diz a personagem de Nicholson à de Hopper, em Easy Rider. Não, não é do meu tempo (embora 69 também tenha sido um ano de boa colheita), mas é intemporal. Esta é a frase que define o filme.

Read More 0 Comments

Wed

15

Feb

2017

Como escolher o bom tipo de pneu de moto?

Existem cada vez mais categorias, gamas e tratamentos de pneus de moto. Não é fácil escolher o melhor tipo de pneu de entre tantos modelos e escolhas possíveis.

Read More

Thu

02

Feb

2017

Equipamento para andar à chuva

Andar confortável é o primeiro passo para uma condução segura...

Read More
A história do Mototurismo

Grupo de Amigos Pan-European

Turismo-de-moto, turismo, mototurismo, iajar-de-moto, viagens, viajante
Procure-nos no facebook

© Desenvolvido por Magnasubstância

As imagens deste site não podem ser utilizadas sem autorização prévia. Proteção de dados.