Barcelona, capital da Catalunha

Cidade cosmopolita e moderna ...

Barcelona, La Rambla

Obs: Esta é a Parte 2 da crónica Viagem a Itália 2011. Podem ler o início a partir daqui.

Barcelona é a maior cidade e capital da comunidade autonoma da Catalunha, cidade cosmopolita, muito movimentada e cheia de vida. Transpira arte e história, misturada com uma boa dose de modernidade europeia. Somos atropelados por gentes de todas as nacionalidades, de todas as classes sociais, que ali convivem de forma harmoniosa.

Chegados a Barcelona, não perdemos tempo. Já retemperados, sentamo-nos de novo nas motas e fomos até La Rambla à procura de um local para jantar. Não foi difícil, com tantos restaurantes, bares e esplanadas espalhadas por ali. Jantamos numa cervejeria bastante movimentada, e ainda passeamos pela zona depois do jantar. Fomos dormir já perto das 24h, depois de um dia com muitos quilometros feitos.

Acordamos cedo no domingo, pois ainda queriamos ver mais de Barcelona. Com um grande pequeno almoço tomado e malas feitas, lá fomos de novo até La Rambla onde paramos as motas e demos início ao nosso passeio a pé.

 

Barcelona, La Rambla

 

Barcelona, La Rambla

 

Barcelona, La Rambla

 

Este é um dos lugares mais frequentados de Barcelona, uma passarela situada entre a Plaça de Catalunya, no centro da cidade, e o antigo porto de Barcelona.

p
u
b

Descendo a rua podemos admirar vários edifícios como o Palácio da Virreina, o mercado de La Boqueria e o famoso Grande Teatro do Liceu. Uma rua lateral a La Rambla conduz à Plaça Reial, uma praça com palmeiras e edifícios que abriga cervejarias e restaurantes.

 

Barcelona, La Rambla

 

Barcelona, La Rambla

 

Barcelona, La Rambla

 

Barcelona, La Rambla

La Rambla termina junto ao porto antigo, onde a estátua de Cristovão Colombo (ou Monumento a Colombo) aponta para o mar. Andamos pela zona umas quantas horas, e depois voltamos para as motas e feito mototuristas, decidimos seguir um dos muitos autocarros panorâmicos que fazem o percurso turístico na cidade.

p
u
b

Vimos o Templo Expiatório da Sagrada Família, também conhecido simplesmente como Sagrada Família, eternamente em remodelação e considerado por muitos críticos como o expoente da arquitetura catalã. Depois de experimentarmos o que é o trânsito de Barcelona, paramos junto à praia para apreciarmos as vistas.

Estavamos almoçados e prontos para avançar na nossa viagem. A próxima noite seria passada em Saint-Tropez, na costa Francesa a 600km dali, portanto estava na hora de arrancarmos. Saímos de barcelona e seguimos sempre por estradas nacionais até entrar em França.

Este percurso foi bastante interessante. Viajar por estradas nacionais, passando por vilas e cidades de menor dimensão, são uma verdadeira descoberta. As próprias estradas são um mimo para os sentidos, com belas paisagens e piso excelente. Mas sobre esta parte podem ler na etapa seguinte...

A seguir, Saint-Tropez na riviera Francesa! Clique aqui para a Parte 3 desta crónica.

 


Write a comment

Comments: 0

Pesquisa:

 

by Fusionbot | Mapa do Site

www.AutoPECAS-ONline.pt

Fri

13

Oct

2017

O que representas para eles é a liberdade

Diz a personagem de Nicholson à de Hopper, em Easy Rider. Não, não é do meu tempo (embora 69 também tenha sido um ano de boa colheita), mas é intemporal. Esta é a frase que define o filme.

Read More 0 Comments

Wed

15

Feb

2017

Como escolher o bom tipo de pneu de moto?

Existem cada vez mais categorias, gamas e tratamentos de pneus de moto. Não é fácil escolher o melhor tipo de pneu de entre tantos modelos e escolhas possíveis.

Read More

Thu

02

Feb

2017

Equipamento para andar à chuva

Andar confortável é o primeiro passo para uma condução segura...

Read More
A história do Mototurismo

Grupo de Amigos Pan-European

Turismo-de-moto, turismo, mototurismo, iajar-de-moto, viagens, viajante
Procure-nos no facebook

© Desenvolvido por Magnasubstância

As imagens deste site não podem ser utilizadas sem autorização prévia. Proteção de dados.