Merida: Santa Eulalia, Moreria e Alcazaba

Continuação da crónica do passeio a Mérida, que podem ler a partir daqui.

Cripta Santa Eulalia, Merida, espanha

Depois de visitarmos o complexo do Teatro e Anfiteatro Romano, pegamos novamente na mota e dirigimo-nos à Basílica de Santa Eulalia de Mérida, com o intuito de visitar a famosa cripta, um local hoje subterraneo, que ao longo dos séculos foi sofrendo alterações e construções em camadas. Aliás, hoje em dia o piso da Basílica Santa Eulalia, é feito numa estrutura em madeira que cobre a cripta, tornando o espaço numa verdadeira zona em camadas, fazendo lembrar, o piso inferior, uma gruta.

 

A Cripta de Santa Eulalia de Mérida

A cripta de Santa Eulalia

Cripta Santa Eulalia, Merida, espanha

 

Cripta Santa Eulalia, Merida, espanha

 

Cripta Santa Eulalia, Merida, espanha

 

Cripta Santa Eulalia, Merida, espanha

 

Cripta Santa Eulalia, Merida, espanha

 

Cripta Santa Eulalia, Merida, espanha

Aqui podemos ver em grande número, os restos de túmulos romanos, os mausoléus originais que datam do século IV. Alguns desapareceram com a construção da Basílica por cima, mas ainda podemos admirar algumas das pinturas de 1595 que decoravam os túmulos com imagens de Santa Ana, San Juan e San Martin de Tours.

Após a visita, seguimos novamente de mota até à próxima paragem a visitar, desta feita à num local muito agradável, mesmo ao lado da zona ribeirinha do Guadiana...

p
u
b

A zona arqueológica de Morería

A zona arqueológica de Morería ocupa uma área de 12.000 metros quadrados, e está situado debaixo dos novos ministérios do Governo da Extremadura. Em forma de preservar o espaço contra as intempérides, foi permitido ao governo construír um edifício por cima do espaço, tornando este quase interior. Este local, que funciona desde 1990, é um dos mais significativos da presença romana na Hispania.

 

Zona Arquológica de Morería, Merida, espanha

 

Zona Arquológica de Morería, Merida, espanha


Mas a sua importância também deve permitir uma visão abrangente da evolução de uma cidade, ainda vivo, ao longo da história (pré-história, o mundo romano, o visigótico, islâmico, medieval-cristão idade, moderna e contemporânea). Daí a expectativa de que este espaço tem sido alvo na comunidade científica. Mais uma vez encontramos  estruturas que foram sobrepostas umas sobre as outras.

 

Zona Arquológica de Morería, Merida, espanha

 

Zona Arquológica de Morería, Merida, espanha

 

Com a abertura de Morería pretende introduzir o visitante em um túnel do tempo, que começa em uma seção de parede período de fundação (25 anos aC, aproximadamente), no tempo do imperador Augusto, de 200 metros quadrados. Depois de passar por uma das portas deste muro (que então levou para o Fórum Provincial), o "viajante" chega a um conjunto de ruas (configurado em vários blocos), que estão localizadas 13 casas grandes, oficinas, lojas e bairros visigótico e islâmico sobreposição de romano.

p
u
b

Nos séculos XII e XIII, a área de sepultamento converte para sair da cidade. Após a Reconquista, passou a ser novamente habitada, mas por mouros. Nos séculos XVI e XVII, esta área arqueológica torna-se uma escala de bairro.

 

A Alcazaba

Alcazaba, Forte, Castelo de Mérida, Estremadura, Espanha

A Alcazaba é uma impressionante estrutura fortificada, militar, com vestigíos romanos, visigóticos e árabes. Foi construída por Abderramán II em 835, para evitar ataques à cidade, que era capital da Lusitânia, daí a sua localização estratégica sobre passagem da ponte.

A paisagem circundante, vista das suas altas muralhas, é espetacular. Podemos observar o rio Guadiana, a sua zona de lazer com caminhos e passeios pedrestes, e do lado direito, em grande destaque, a Ponte Romana em todo o seu esplandor, antiga porta de entrada na cidade, directamente para o interior da Alcazaba.

Alcazaba, Forte, Castelo de Mérida, Estremadura, Espanha

 

Alcazaba, Forte, Castelo de Mérida, Estremadura, Espanha

 

Alcazaba, Forte, Castelo de Mérida, Estremadura, Espanha

 

Alcazaba, Forte, Castelo de Mérida, Estremadura, Espanha

Depois da reconquista da Ordem de Santiago acrescentaram-se torres medievais e outras estruturas, a fim de permitir um convento, residências e comércio.

p
u
b

A meio do pátio existe uma estrutura, construída pelos muçulmanos e que entra para dentro da terra através de uma escadaria escura e ingrime, e que termina numa espécie de capela de 4 metros quadrados,espaço que servia para que estes rezassem virados a Meca. Para mim fica mistério o porquê de ser nas entranhas da terra, numa escuridão pesada.

Alcazaba, Forte, Castelo de Mérida, Estremadura, Espanha

 

Alcazaba, Forte, Castelo de Mérida, Estremadura, Espanha

Esta fortaleza estranha e quadrada, foi construída com enormes blocos quadrados de granito e fazem parte um total de 25 torres nas muralhas. A sua aparência atual resulta de várias reformas, tanto islâmicos como cristãos, mas a sua planta responde à delimitação espacial original.

Alcazaba, Forte, Castelo de Mérida, Estremadura, Espanha

 

Alcazaba, Forte, Castelo de Mérida, Estremadura, Espanha

 

Alcazaba, Forte, Castelo de Mérida, Estremadura, Espanha

 

Alcazaba, Forte, Castelo de Mérida, Estremadura, Espanha

Alcazaba, Forte, Castelo de Mérida, Estremadura, Espanha

Alcazaba, Forte, Castelo de Mérida, Estremadura, Espanha

 

Alcazaba, Forte, Castelo de Mérida, Estremadura, Espanha

A visita é demorada e agradavel. Existem no espaço muitas pedras graníticas ainda por organizar, pois parece-me que este é um local em "working progress" constante. No entanto, tudo está devidamente identificado, e as placas de informação são bastante completas, sempre acompanhadas de ilustrações para termos uma ideia visual do que ali existia naquela época.

Mérida, Estremadura, Espanha

 

Mérida, Estremadura, Espanha

Mas o dia estava a terminar, e ainda queríamos ir ver a zona comercial, por isso seguimos em direção à baixa no centro da cidade, onde nos deparámos com uma agradáel praça central cheia de vida. Estamos em Espanha, e claro, a partir das 18h as ruas começam a fervilhar de vida! 

E assim foi o final do dia. Claro que ainda havia muito mais para ver, faltou-nos visitar, por exemplo, o Circo Romano, o Templo de Diana ou a Casa Mitreo/Columbarios, ou mesmo o Museu da cidade, mas infelizmente o tempo não dá para tudo. E um passeio de Mototurismo é também um passeio que se quer calmo, aproveitando cada segundo, cada rua e cada momento que nos é proporcionado.  Já sabem... Quando puderem visitem Mérida! Vale a pena viajar no tempo!

 

Boas curvas!


Write a comment

Comments: 0

Pesquisa:

 

by Fusionbot | Mapa do Site

www.AutoPECAS-ONline.pt

Fri

13

Oct

2017

O que representas para eles é a liberdade

Diz a personagem de Nicholson à de Hopper, em Easy Rider. Não, não é do meu tempo (embora 69 também tenha sido um ano de boa colheita), mas é intemporal. Esta é a frase que define o filme.

Read More 0 Comments

Wed

15

Feb

2017

Como escolher o bom tipo de pneu de moto?

Existem cada vez mais categorias, gamas e tratamentos de pneus de moto. Não é fácil escolher o melhor tipo de pneu de entre tantos modelos e escolhas possíveis.

Read More

Thu

02

Feb

2017

Equipamento para andar à chuva

Andar confortável é o primeiro passo para uma condução segura...

Read More
A história do Mototurismo

Grupo de Amigos Pan-European

Turismo-de-moto, turismo, mototurismo, iajar-de-moto, viagens, viajante
Procure-nos no facebook

© Desenvolvido por Magnasubstância

As imagens deste site não podem ser utilizadas sem autorização prévia. Proteção de dados.